domingo, 18 de janeiro de 2009


Vem amor que a hora é essa

Vê se entende a minha pressa

Não me diz que eu tô errado

Eu tô seco, eu tô molhado

Deixa as contasque no fim das contas

O que interessa pra nós

É fazer amor de madrugada

Amor com jeito de virada

Larga logo desse espelho
Não reparou que eu tô até vermelho

Tá ficando tarde no meu edredon


Logo o sono bate

2 comentários:

Momentos...volupté! disse...

Como podes demorar a atender este momento de tesão???

EU SOU NEGUINHA disse...

Momentos....não pode né?
risos
Beijos insanos