domingo, 15 de fevereiro de 2009


“...Existe um ser que mora dentro de mim
como se fosse a casa dele, e é.
Trata-se de um cavalo negro e lustroso que
apesar de inteiramente selvagem –
pois nunca morou antes em ninguém
nem jamais lhe puseram rédeas nem selas –
apesar de inteiramente selvagem tem
por isso mesmo uma doçura primeira
de quem não tem medo...”

CLARICE LISPECTOR

4 comentários:

Preta disse...

Putz! Clarice Lispector mata a pau!!! Adoro.

Monday disse...

é, clarice sempre foi muito boa pra se ler ... densa e intensa ...

gostei da frase: docura primeira de quem nã tem medo!

me lembra os tempos de infância, onde éramos puros de verdade por nã saber o que era malícia ...

deliciosamente ingênuos ... e felizes!

linda foto, minha nega!

EU SOU NEGUINHA disse...

Querido Monday...
Pureza das crianças...só temos que traze-la de volta.....
Beijos
Neguinha

EU SOU NEGUINHA disse...

Preta,meu anjo
Clarice é Clarice,né?
Tbem adoro...
Beijocas Insanas