sábado, 14 de março de 2009


Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio.

Que a morte de tudo que acredito não me tape os ouvidos e a boca.

Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio.
Que a música que eu ouço ao longe seja linda, ainda que tristeza.

Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada, mesmo que distante.

Porque metade de mim é partida mas a outra metade é saudade.
Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor,

Apenas respeitadas como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos.

Porque metade de mim é o que eu ouço, mas a outra metade é o que calo.
Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço,

E que essa tensão que me corroe por dentro seja um dia recompensada.

Porque metade de mim é o que eu penso e a outra metade é um vulcão.
Que o medo da solidão se afaste, que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável

Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso que eu me lembro de ter dado na infância.

Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade eu não sei...
Que não seja preciso mais do que uma simples alegria para me fazer aquietar o espírito.

E que o teu silêncio me fale cada vez mais.

Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço.
Que a arte nos aponte uma resposta, mesmo que ela não saiba, e que ninguém a tente

Complicar porque é preciso simplicidade para fazê-la florescer.

Porque metade de mim é platéia e a outra metade, é canção.
E que minha loucura seja perdoada.

Porque metade de mim é amor e a outra metade... também...

15 comentários:

Desejos Aliciantes disse...

Olá amiga,
esse metade de mim...
me lembrou a letra daquela música do Osvaldo Montenegro...
é verdade que somos metade
metade amor
metade dor
metade riso
metade lágrima
somos feitos de dois lados e eles sempre querem se manifestar...
Boa noite pra vc
Beijos

{Nanda}_A disse...

Assim... sou eu...
metade... controversa... incongruente...
mulher...

Adorei

bjs

EU SOU NEGUINHA disse...

Desejos...é do Osvaldo mesmo...
linda poesia não??
Beijocas

EU SOU NEGUINHA disse...

Linda Nanda....
Beijocas em ti
Neguinha

Branca disse...

Duas metades que se completam...é muito lindo esse poema!


Bom domingo pra vc,
bjos!

Momentos...volupté! disse...

Que belas pegadinhas...
Esta música do Osvaldo é tão real, tão viva, como nossas vidas.

Beijos na minha Insana!!!

Eu acho que vi um gatinho!!! Pelo menos as pegadas dele.

LEO disse...

Delicia de blog!
passei aq pra "xeretar" e gostei muito!
Beijosss do Leo

Dog disse...

adorei as pegadinhas! até postaria no meu blog..rsrs tudo haver..rs

Um dia me perguntaram se Dogs também possuem romantismo. Disse que sim! Porque metade de mim era amor, e a outra metade... também.


beijos!!!!

MEIER FRANGIOTTI CESCA disse...

quem é?

EU SOU NEGUINHA disse...

Méier
é o de responder as perguntas...hahaha
vc tem ido ao telão???
ando precisando meditar por lá...rs
Saudades do movimento..putz
beijos

EU SOU NEGUINHA disse...

Léo...
Apareça sempre.
Beijos
Vou te linkar

EU SOU NEGUINHA disse...

Dogs..
Somos amor,as vezes,não percebemos,mas somos...
Beijocas
Neguinha

EU SOU NEGUINHA disse...

Branca...
Lindo domingo a ti tbem...
Beijocas da Nega

EU SOU NEGUINHA disse...

Meus Momentos...
tbem acho muito real essa musica...
metade de mim é amor...a outra metade tbem

Palma da Mão disse...

Deslumbrante...
Sem palavras
Beijo
Liliana