sábado, 19 de fevereiro de 2011

Boca..





A boca se perde
No espaço de seu corpo,
No riso de seus toques,
Na intensidade de seu sexo...


By Nega

8 comentários:

Conde Vlad disse...

NEGAAAAAAAAAAAAAAAA... E o Speedy deu o ar da graça. rsrs...

Cê sabe que essa internet não é tão TESUDA quando você não está né? Você é parte do tesão que ronda os blogs. rsrs..

Beijos Lindona.
Conde.

Única e Exclusiva disse...

Concordo com Conde, sua presença é essencial ao mundo bloguístico!

bjs meus

Sentimental ♥ disse...

q assim seja sempre......

Luna disse...

seu blog é uma tentação deliciosa...

Beijos,

Luna

*Mi§§ §impatia* disse...

ahhhhhhhhh recebi o torpedo, mais tarde entro, que bom que ta de volta....te amooooooooo beijossssssss

Poemas Proibidos disse...

Estava com saudades de você. Que bom que você voltou!
Quanto a boca, a reciprocidade é muito boa! Parabéns pelo poema e postagem!

eroticamenteincorreto disse...

Bocas se perdem,
bocas se acham,
bocas procuram,
bocas faturam.
Bocas sedentas,
bocas famintas.
Bocas ousadas,
Bocas distintas.
Bocas, bocas, bocas,...
Sorvam-me as mais loucas!

* Desculpa, me emocionei imaginando a boca de uma certa menina insana,...rsrs

Everson Russo disse...

Boca louca de prazer intenso....que bom que voce voltou querida,,,,imenso beijo de bom domingo e uma linda semana pra ti.....