sábado, 9 de abril de 2011





"Minha alma é uma orquestra oculta;
 não sei que instrumentos tangem e rangem,
 cordas e harpas, tímbales e tambores, dentro de mim. 
Só me conheço como sinfonia".


                 Fernando Pessoa. In: Livro do desassossego.                      

6 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

Comentar Fernando Pessoa é algo desnecessário, mas o prazer de visitar vc não tem preço Neguinha Lindona.

Dorutu!

Beijo prá lá de In_Correto,...

Mar... disse...

Oieee...
saudades de vc amada...
Lindo findi para ti...
Bjs carinhosos...Mar

VERTIGO disse...

Belas palavras....

Saudades...

Bjs.

Guará Matos disse...

"A minha alma tá armada e apontada
Para cara do sossego"![Minha Alma (A Paz Que Eu Nao Quero) - Marcelo Yuka].

Bj.

Fogo disse...

Linda foto ...

wcastanheira disse...

Uauauu q espera maravilhosa, q deixa para o menino sedento e pedinte, vc é linda é d++++, pra vc ardentes e molhados bjos, bjos e bjosssssssssss