quarta-feira, 18 de maio de 2011

Palavras

Palavras rasgadas,
No olhar que queima,
Saboreando o fruto
Macio,
Balanço ritmado,
Acelerando entre o
 meu mar,
O desejo mete os
dedos em minha poesia
e se faz...cais


By Nega

6 comentários:

Gambit disse...

mmmmmmmmmmmm adoro a foto

Eroticamente (In) Correto disse...

E que ancorem prazeres e mais prazeres em tuas entrelinhas.

Beijo In_Correto!

O gerente disse...

Nosssa.. que assanhada essa poesia hein? Sera um efeito prematudo do sabadão que esta chegando? Humm.. gostei.. gostei.. Beijos!

Guará Matos disse...

Já estou com os dedos completamente "melados" dentro dela. E quanto mais leio, mais os atolo.

Bjs.

Alves Fonseca disse...

Taí um instante em que ser mudo é até melhor do que ser primaz em oratório.
Beijos
Alves Fonseca

Lou Albergaria disse...

Cais de luxúria e encanto!

Beijo grande!!!