domingo, 31 de julho de 2011

Tudo quer me revelar...


Tudo aqui
Quer me revelar
Unhas roídas
Ausências, visitas
Cores na sala de estar
O que eu procuro
O que eu rejeito
O que eu nunca vou recusar
Tudo em mim
Quer me revelar
Tudo em mim quer me revelar
Meu grito, meu beijo
Meu jeito de ser
O que me preocupa, o que me ajuda
O que eu escolho pra amar
Quando amanheço, quando me esqueço
Quando morro de medo do mar
BY Zélia Duncan
Em homenagem a minha primeira aula de Shibari...rssss

2 comentários:

tossan® disse...

Gosto de sacanagem, mas o que eu encontro aqui é algo mais do que isso, é sensualidade com poesia, e descubri que é muito melhor. Beijo moça

Darukian, O Ceifador de Orgasmos disse...

Uia...Shibari é? Tá evoluindo heim...

Quero ver isso depois...rsrs

Darukian