segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

"Não quero faca, nem queijo.
Quero a fome."
(Adélia Prado)

Um comentário:

Elton Sipião O Anjo das Letras disse...

Adélia e a sua poesia cheia de alma e paixão, Adélia e a sua poesia plena de doçura e visceralidade! Foi Adélia quem disse: "Erótica é a alma"!